Estratégias para aprimorar a profissão da enfermagem como parceira-chave para melhorar a atenção primária em todo o hemisfério

Joyce A. Pulcini, Carol S. Lang
Há vários anos a Organização Mundial da Saúde (OMS) insta pela melhoria da atenção primária à saúde para resolver as demandas de pacientes e aumentar o contingente de profissionais da saúde qualificados para prestar esse cuidado (Lawn et al., 2008). Enfermeiros são responsáveis por 90% de todos os serviços de saúde no mundo e compõem mais de 80% da força de trabalho nessa área (Benton, 2015; Davis, 2017). Na América Latina e no Caribe (ALC), a atenção primária é especialmente necessária em áreas rurais e carentes (OPAS, 2014). A campanha Nursing Now foi construída com base noTriple Impact Report (Relatório do triplo impacto da enfermagem) que revelou que além de melhorar a saúde em nível global, o desenvolvimento da enfermagem pode promover a igualdade de gênero (pois a grande maioria de profissionais de enfermagem ainda são mulheres) e servir de apoio para o fortalecimento das economias (All Party Parliamentary Group on Global Health, 2016; ICN, 2018).
(…)